Com aumento de 100% das movimentações em combustível ano a ano, startup de gestão completa de frotas quer se tornar principal empresa do setor


Redação TranspoData


Foto Canva, Divulgação

 

Fundada em 2019, a TruckPag, startup de meios de pagamento focada em gestão de frota pesada, se posiciona entre as cinco maiores do seu setor, com uma rede credenciada de mais de 3.400 postos, sendo 90% localizados em rodovias, e uma carteira superior a 500 clientes. A meta para este ano é dobrar de tamanho e se tornar

 a principal solução do segmento.

 

Kassio Seefeld, CEO e fundador da startup, os produtos oferecidos ao mercado atendem desde meio de pagamento até a recolha de 100% das notas fiscais e tags de pedágio. “Diminuímos os ruídos entre a frota e os gestores, combatemos o desvio de verba e combustível e facilitamos o dia a dia das equipes que estão na rua. Sabemos que essas são as grandes dores do mercado. Por isso, projetamos um grande crescimento para este ano", explica.

 

Na avaliação do executivo, no mercado em que a empresa atua, a tecnologia ainda é pouco aplicada e muitas transportadoras ainda fazem a gestão manual. “Nosso foco em 2024 é ajudar cada vez mais gestores e donos de frota a ter ainda mais controle do seu negócio e dos recursos disponíveis, otimizando o tempo e aumentando os lucros”, pontua.

 

Seefeld argumenta que a falta de controle eficaz no abastecimento da frota facilita a ocorrência de fraudes, taxas altas, gastos elevados com diesel, burocracia e pouca eficiência operacional. Assegura que as soluções da TruckPag reduzem em até 25% os gastos com abastecimento. “Aumentar o negócio é, sim, uma das nossas metas, mas queremos fazer a diferença ao lado do transporte rodoviário de cargas no Brasil”, afirma.

 

Fundada pelo gaúcho Kassio Seefeld, o paranaense Ivo Riedi Filho e o paulista Marcos Carraro, a TruckPag nasce 100% bootstrap, com sede em Cascavel (PR). A companhia oferece aos clientes quatro produtos: Gestão de Abastecimento completa, PagPedágio, TruckPag Bank e Gestão de Manutenções.